Seguidores

VERDADEIRA PRONTIDÃO

VERDADEIRA PRONTIDÃO


"...por isso, quanto está em mim, estou pronto a anunciar o evangelho também a vós outros, em Roma." ( Rm 1.15)
Só o fato de um cristão estar aqui, e não no Céu, é uma prova de que algum trabalho espera por ele.¹ . Devemos estar sempre prontos para realizar aquilo que é essencial no viver de uma vida cristã normal debaixo da graça, segundo a vontade revelada de Deus, como por exemplo:
  1. Receber a Palavra com alegria.
"Ora, estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim." (At 17.11) É interessante considerarmos a atitude daqueles crentes de Beréia diante da santa Palavra de Deus. Eles eram mais nobres - indica que eram ‘educados‘, ‘abertos‘ à recepção do Evangelho -, mais do que os crentes de Tessalônica. Eles receberam a palavra com toda avidez, isto é, ‘com desejo intenso‘ por ela e ‘de bom grado‘. Essa atitude nobre diante da Palavra de Deus era o motivo deles examinarem as Escrituras todos os dias, para ver se de fato o que ouviam estava coerente com a vontade de Deus revelada. O resultado dessa atitude foi surpreendente: "Com isso, muitos deles creram, mulheres gregas de alta posição e não poucos homens." (v.12) A influência que exercemos sobre o mundo é causada pelo nosso relacionamento com Jesus Cristo e com Deus. Quanto mais íntimos formos do Senhor, maior será a nossa influência
  1. Ofertar.
“Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade. Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários, pedindo-nos, com muitos rogos, a graça de participarem da assistência aos santos. E não somente fizeram como nós esperávamos, mas também deram-se a si mesmos primeiro ao Senhor, depois a nós, pela vontade de Deus.” (2 Co 8:1-5) Ora, como "graça" é favor que Deus nos faz sem que mereçamos e não um favor que lhe fazemos, a contribuição cristã é voluntariamente por graça e não um dever, e sempre sua motivação deve ser o amor, senão não terá nenhum valor. Quem ama tem prazer em dar e quanto maior o amor, maior a dádiva. “Deus nos amou tanto que deu-nos seu Filho”. Não deve haver constrangimento no exercício da liberalidade cristã, pois “melhor é dar do que receber”. Se, de fato, aprendemos a graça de Deus, também aprendemos a praticá-la ao próximo por meio de boas obras que glorifiquem ao Pai celestial. Ofertar de boa vontade é tão importante para Deus como a própria oferta. Devemos exercer a graça da liberalidade da contribuição em prol de todos, principalmente dos irmãos espirituais e ministério cristão. “Completai, agora, a obra começada, para que, assim como revelastes prontidão no querer, assim a leveis a termo, segundo as vossas posses.”(2Co 8.11).

A generosidade é um distintivo do cristão. Este sabe que tudo o que tem em suas mãos pertence a Deus e, portanto, deve exercer uma sábia mordomia de tudo aquilo que lhe é confiado. Concordo com o que disse o teólogo inglês John Wesley: "Devemos ganhar tudo o que pudermos, poupar tudo o que pudermos e repartirmos tudo o que pudermos". A ética cristã regulamenta tanto o que ganhamos como o que gastamos. Orienta tanto os investimentos como também os gastos. Um cristão trabalha com esmero e reparte com generosidade. Acumular riquezas e fechar os olhos aos necessitados é uma negação da fé e uma traição àquele que, sendo rico se fez pobre, deixando-nos o exemplo de que mais bem aventurado é dar do que receber. Paulo nos ensina a compartilhar as necessidades dos santos. Devemos ter o coração aberto e as mãos abertas. Um coração convertido sempre desemboca num bolso aberto para a prática da misericórdia. Devemos fazer o bem a todos, mas especialmente aos domésticos da fé. Devemos cuidar de todos, mas principalmente dos membros da nossa família, porque aquele que não cuida dos membros de sua própria casa é pior do que o incrédulo e tem negado a fé. Conhecemos um verdadeiro cristão não apenas pela eloquência de sua confissão, mas, sobretudo, pela generosidade de sua doação“compartilhai as necessidades dos santos...” (Rm 12:13), é a recomendação bíblica imposta a todos os filhos do Reino.
  1. Testemunhar do Senhor.
“por isso, quanto está em mim, estou pronto a anunciar o evangelho também a vós outros, em Roma...antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós,” (Rm 1.15; 1Pe 3.15) A verdadeira característica do santo é o fato de ele fazer com que seja mais fácil para os outros crer em Deus.Nesse aspecto, testemunhar não é algo que fazemos ou falamos; é algo que somos.Aquilo por que vivo, comunico. A vida do cristão deve ser simplesmente uma representação visível de Cristo. *
“Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, o meu servo a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que sou eu mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.” (Is 43:10) O cristão é o recurso visual que Deus traz ao palco quando ele começa a falar à pessoa não-convertida. A tarefa do cristão é tornar o Senhor Jesus visível, inteligível e desejável.Uma testemunha em uma corte de justiça precisa apresentar provas; uma testemunha cristã precisa ser uma prova. Esta é a diferença entre a lei e a graça! *Infelizmente em nossa era contemporânea há muitas testemunhas antropocêntricas, mas poucas teocêntricas.** Porém, testemunho não é sinônimo de autobiografia! Quando estamos realmente testemunhando, não falamos de nós mesmos, mas de Cristo.* Não há lugar para Deus naquele que está cheio de si mesmo; não há lugar para si mesmo naquele que está cheio de Deus. Charles Wesley foi pontual nesse aspecto dizendo:  
“Meu coração está repleto de Cristo e anseia
Seus assuntos gloriosos declarar!
Sobre Ele lindos hinos compor irei.
Pronta, minha língua se apressa a cantar
As glórias de meu celeste Rei.”
  1. Lutar pelo nosso Deus.
 “Então, Josué se levantou, e toda a gente de guerra, para subir contra Ai; escolheu Josué trinta mil homens valentes e os enviou de noite.” (Js 8.3). Foi J. Gresham Machen quem disse: “É impossível ser um verdadeiro soldado de Jesus Cristo e não lutar”. De fato, a vida cristã não é um parque de diversões; é um campo de batalha. J. Blanchard pesou a sua pena sem pena quando escreveu: "Para o cristão, este mundo é uma arena, não uma cadeira de balanço". Os inimigos estão por todos os lados para impedir a obra do Senhor Jesus e tentar nos derrotar. Somos chamados a lutar e manter a vitória do Senhor. São muitos os inimigos que devem ser lançados por terra, eis alguns exemplos: a carnalidade, o mundanismo, o egoísmo, as ciladas e artimanhas do maligno, a soberba, sofismas, etc. Na Bíblia encontramos que nossa luta não é contra o sangue e a carne (o homem em si), “e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.” (Ef 6:12-13)
Você não receberá permissão para escapar furtivamente para o céu na companhia de Cristo sem um conflito e uma cruz... Nenhum dever pode ser cumprido sem luta. O cristão precisa de sua espada tanto quanto de sua colher de pedreiro.* “Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo, e estando prontos para punir toda desobediência, uma vez completa a vossa submissão.” (2 Co 10:3-6)
Quando o crente é convocado a batalhar na guerra do Senhor, ele dever saber que“Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8:31b) Nessa luta o crente não estará sozinho, pois Cristo é nosso Rei que sempre nos socorre em todo o tempo. “O SENHOR pelejará por vós, e vós vos calareis.” (Ex 14:14) Quando Gideão subiu contra os midianitas por decreto do Senhor, foram somente trezentos homens com ele, enquanto o exército inimigo eram multidões ao redor. Porém, a minoria de Deus é mais forte do que as maioria dos homens, pelo que, quando Gideão e seus homens chegaram ao lugar do confronto, eles apenas “tocaram as três companhias as trombetas e despedaçaram os cântaros; e seguravam na mão esquerda as tochas e na mão direita, as trombetas que tocavam; e exclamaram: Espada pelo SENHOR e por Gideão! E permaneceu cada um no seu lugar ao redor do arraial, que todo deitou a correr, e a gritar, e a fugir. Ao soar das trezentas trombetas, o SENHOR tornou a espada de um contra o outro, e isto em todo o arraial, que fugiu rumo de Zererá, até Bete-Sita, até ao limite de Abel-Meolá, acima de Tabate. Então, os homens de Israel, de Naftali e de Aser e de todo o Manassés foram convocados e perseguiram os midianitas.” (Jz 7:20-23)
O chamado ao compromisso cristão não é basicamente um chamado para a felicidade, mas para as dificuldades. É impossível ser um verdadeiro soldado de Jesus Cristo e não lutar. Não há santidade sem luta.* “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” (Rm 8:37)
Graças a Deus, temos um Capitão invencível que é por nós, Jesus Cristo. Nessa guerra precisamos estar revestidos com as armas espirituais providenciadas por nosso Senhor. “Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos” (Ef 6:14-18) Graças a Deus que nos dá vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo.   
  1. Sofrer pelo Senhor.
“Então, ele respondeu: Que fazeis chorando e quebrantando-me o coração? Pois estou pronto não só para ser preso, mas até para morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus.” (At 21.13). Um cristão anônimo disse: “É custoso seguir a Jesus Cristo, mas custa mais não fazê-lo.” Também disse John Flavel com propriedade: “Quem é mais inocente do que Cristo? E quem é mais perseguido? O mundo continua sendo o mesmo.” “Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.” (2Tm 3:12) A perseguição é um dos sinais mais seguros da autenticidade do nosso cristianismo. Os seguidores de Cristo não podem esperar melhor tratamento do mundo do que o que o Mestre recebeu. Perseguição não é novidade... A ofensa da cruz jamais cessará até que toda a carne veja a salvação de Deus. O fogo de Deus não pode ser apagado pelas águas da perseguição dos homens.* Relativamente a isso disse Benjamin E. Fernando, “Esmagar a igreja é como bombardear um átomo: energia de alta qualidade é liberada em quantidades enormes e com efeitos miraculosos.” O Senhor Jesus disse: “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mt 16:18)
Nesse processo de edificação da igreja de Cristo o sofrimento dos santos não é algo casual, mas tudo o que é colocado em nossas mãos é proveniente das mãos que foram traspassadas, e tudo o que nos sobrevêm é ordenado pelo Senhor que morreu por nós.  A face de Jesus precisa estar muito próxima da nossa, quando os espinhos de sua coroa de sofrimento pressionam nossa testa e nos ferem.* Foi nos dada a graça da bem-aventurança de sofrer pelo nome do Senhor e não somente de crer nele. “E eles se retiraram do Sinédrio regozijando-se por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas por esse Nome.” (At 5:41)
Os tempos de sofrimento são tempos de aprendizado. As mais fortes almas têm emergido do sofrimento, os caracteres mais maciços estão cheios de cicatrizes.*“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.” (Mt 5:10-12)
Os perseguidos neste contexto podem ser considerados aqueles que sofrem qualquer sacrifício para permanecerem dentro da vontade de Cristo. John R. W. Stott dizia: "Afirmo... que alguma forma de sofrimento é praticamente indispensável para a santificação". Não se conhece o homem por sua animação, mas pela quantidade de sofrimento verdadeiro que ele é capaz de suportar pelo Senhor. A Bíblia tem muitas coisas a dizer sobre o sofrimento, e grande parte delas é animadora. O Calvário é a grande prova que Deus dá de que o sofrimento segundo a vontade divina sempre conduz à glória.* 
  1. Aguardar o retorno do Senhor.
“E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a porta.” (Mt 25:10) Quem ama a vinda do Senhor não é aquele que afirma que ela ainda está distante nem aquele que diz que está perto. É aquele que, esteja distante ou próxima, aguarda-a com fé sincera, esperança firme e amor fervoroso. A certeza da segunda vinda de Cristo deve tocar e impregnar cada parte do nosso comportamento diário. Conta-se de um servo de Deus que descerrava diariamente as cortinas da janela, pela manhã cedo, com a seguinte pergunta: “Será hoje que ele vêm?” Essa é a atitude que o Senhor Jesus procura inspirar nos seus discípulos. “O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem!” (Ap 22:17)
No primeiro advento, Deus escondeu sua divindade para provar os fiéis; no segundo advento, ele manifestará sua glória para recompensar-lhes a fé. Cristo nos disse que virá, mas não revelou quando, para que nunca tiremos nossas roupas nem apaguemos nossas lâmpadas. * George Whitefield declarou: "Estou diariamente esperando a vinda do Filho de Deus". E também D. L. Moody expressou-se em sua época: “Nunca prego um sermão sem pensar que é possível que o Senhor venha antes de eu ter oportunidade de pregar outro.” “Aquele que dá testemunho destas coisas diz: Certamente, venho sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus!” (Ap 22:20)
Essas palavras, as últimas de Cristo que foram registradas por escrito, confirmam Sua promessa anterior: “...voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde eu estou, estejais vós também” (Jo 14.3).
Paulo faz referência ao cumprimento dessa promessa: “Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, ...e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; ...depois nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor” (1 Ts 4.16-17).
Como resposta a essas promessas de Cristo, “o Espírito e a noiva dizem: Vem!” (Ap 22.17); ao que João adiciona, jubilante: “Amém! Vem, Senhor Jesus!” (Ap 22.20b). Quem é essa Noiva? Após declarar que esposo e esposa são “uma só carne”, Paulo explica: “Grande é este mistério, mas eu me refiro a Cristo e à igreja” (Ef 5.32). A igreja de Cristo deve estar anelando pela volta do Seu Amado. Como Samuel Rutherford anelava, igualmente devemos ter a mesma aspiração: “Oh, que Cristo venha a passos largos! Ah! se ele dobrasse os céus como uma capa e tirasse do caminho o tempo e os dias!”
“Pai celestial, Tu já nos têm providenciado todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo do Senhor que nos chamou para a sua própria glória e virtude. Agora, desejamos mais chegarmos a Ti. Desejamos viver estas realidades que agradam e glorificam ao Senhor. Que possamos por sua graça sermos luzeiros neste mundo, resplandecendo a tua própria luz para que Tu sejas glorificado através das obras que Tu mesmo já preparaste antes da fundação do mundo para que andássemos nelas. Capacita-nos em nossa finitude, pois a nossa suficiência vêm de Ti. Oramos no nome do Senhor Jesus, a quem seja a glória, pelos séculos dos séculos. Amém.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELA VISITA! QUE DEUS ABENÇÕE!

Chat da Rádio a Última Oportunidade



Camisas e Panos de Prato Pintados à Mão, clique na imagem e Confira!




NOVA VERSÃO DO APP ANDROID DA RÁDIO A ÚLTIMA OPORTUNIDADE

CLIQUE NESTE LINK E FAÇA DOWNLOAD, E OUÇA A RÁDIO A ÚLTIMA OPORTUNIDADE NO SEU CELULAR ANDROID OK!


CLIQUE NESTE LINK E OUÇA A RÁDIO A ÚLTIMA OPORTUNIDADE NO SEU CELULAR ANDROID OK!





OUTRO PLAY DA RÁDIO EVANGÉLICA A ÚLTIMA OPORTUNIDADE



Abrir Player Pop-up









ESTUDO BÍBLICO DIVERSOS E RÁDIO EVANGÉLICA A ÚLTIMA OPORTUNIDADE, A RÁDIO QUE CHEGOU PARA TE AJUDAR EM ORAÇÃO!






PROMESSAS DO SENHOR



VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE:


O AGUILHÃO DO PECADO RETRATOS DE JESUS O PODER DA ORAÇÃO ALMAS PERDIDAS OLIMPÍADAS: RESSURGIMENTO DE UMA IDOLATRIA ANTIGA A HERESIA DA ÁGUA UNGIDA PROCURA-SE NASCIDO PARA LUTAR A promessa da morte (Uma Páscoa Vazia) Está Cristo dividido? Entendendo a permissão de Deus O orgulho religioso: O fariseu e o publicano Como conseguir o perdão de Deus? O cristão pode ter seu nome riscado do Livro da Vida? QUEBRANTAMENTO VERDADEIRA PRONTIDÃO PROEMINÊNCIA NO EVANGELHO QUANDO JESUS VOLTAR, O QUE VOCÊ ESTARÁ FAZENDO? O LUGAR DO ZICA NA PROFECIA CARNAVAL : O EXPOSITOR DAS OBRAS DA CARNE A REDE MARAVILHOSA O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE HOMOSSEXUALIDADE ENTRE A FÉ A RAZÃO O TREM DAS TRIBULAÇÕES O CORAÇÃO DIVIDIDO JESUS É TUDO QUE VOCÊ PRECISA! 20 RAZÕES POR QUE NÃO COMEMORAMOS O NATAL AS LÍNGUAS ESTRANHAS NA HISTÓRIA A Astúcia do Casamento Misto O Maior Assombro do Mundo A ILUSÃO DOS DESIGREJADOS Maldição Hereditária: Falsa Doutrina com Aparência de Piedade CAÇADORES DE LEÕES LIDERANÇA SAUDÁVEL NOS PASSOS DE JESUS ETERNAMENTE JESUS JESUS É MAIS FORTE O HOMEM E A FIGUEIRA 3 LIÇÕES QUE APRENDEMOS NO VALE DE OSSOS SECOS RAÍZ DE AMARGURA COISAS QUE DEUS NÃO PODE FAZER O JULGAMENTO HUMANO ATÉ ONDE VAI COM O SENHOR? COMO CRESCER NA FÉ? CONSELHOS DE JESUS ONDE DEUS ESTÁ? O QUE ACONTECE ENQUANTO ORAMOS? SINAIS DO PENTECOSTES LIDERANDO EM MEIO À TEMPESTADE ESTRUTURA DA IGREJA PRIMITIVA SOMOS O SAL DA TERRA SANSÃO E DALILA - EM QUE CONSISTE SUA FORÇA! OS SANTOS NA CASA DE CÉSAR VOLTANDO À IGREJA PRIMITIVA QUEM É JESUS? A GRAÇA DE DEUS INTERCEDENDO PELOS DESESPERANÇADOS TENDO A CERTEZA DA SALVAÇÃO TORNANDO-SE VERDADEIROS ADORADORES ENCARNANDO A PALAVRA AS QUATRO FASES DA VIDA DESVENDANDO O CORAÇÃO MAIS QUE VENCEDORES O AMOR CLAMA POR PUREZA SILOÉ - JESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOS O TOQUE DA ÚLTIMA TROMBETA... DESPERTA!!! OS CINCOS  MINISTÉRIOS RESTAURANDO O SONHO PERDIDO HUMILDADE IDENTIFICANDO UM TERRÍVEL ENGANO O AMOR CLAMA POR INTIMIDADE CONHECENDO A JESUS TRANSFIGURADO A ARCA DA ALIANÇA NO CORAÇÃO OS LIVROS DE DEUS O SEGREDO DO MINISTÉRIO SOBRENATURAL DE JOÃO BATISTA ATÉ QUANDO Ó PREGUIÇOSO PLANTAÇÃO COM A COLHEITA CERTA O QUE É AMOR? O FIO DA ESPERANÇA O PAI NOSSO, PÃO NOSSO... TEU REINO, TUA VONTADE LEIS ESPIRITUAIS DE CAUSA E EFEITO A NOVA JERUSALÉM AS MARAVILHAS DA CIDADE CELESTIAL QUANDO SERÁ O FIM DO MUNDO? A FÉ NA RESSURREIÇÃO E O CORPO RESSUSCITADO FOGO DO ESPÍRITO VENTO DO ESPÍRITO TIPOS DE ORAÇÃO CASAMENTO DENTRO DE QUATRO PAREDES O ENCONTRO PERFEITO CAVANDO POÇOS PARA O FUTURO HOJE É O DIA! A SANTA CEIA DO SENHOR A PREPARAÇÃO PARA A CEIA NATAL É TEMPO DE... A MISSÃO DE JESUS REVELADA EM SEU NASCIMENTO A CEIA DO SENHOR MÃE É... O AROMA FAMILIAR RESISTINDO AOS VÍCIOS RAZÕES BÍBLICAS PARA NÃO USAR BEBIDAS ALCOÓLICAS QUER PESCAR MAIS? O DOMINGO CRISTÃO X O SÁBADO JUDEU INTELIGÊNCIA EMOCIONAL O MOVER DO ESPÍRITO A VERDADEIRA PAZ PENITÊNCIA O QUE É SER MÃE? O CULTO PAGÃO INTRODUZIDO NA PÁSCOA SEITA- CULTURA RACIONAL OS TORMENTOS DO DIVÓRCIO PROPÓSITOS DE DEUS A MATEMÁTICA NO CASAMENTO AS 4 ESTAÇÕES DO CASAMENTO CASAMENTO BLINDADO EXEMPLO DE MÃE QUANDO DEUS RESPONDE A ORAÇÃO? QUANDO O CÉU SE ABRE MEU BARCO COM CRISTO RUMO AO CÉU O VERDADEIRO SENTIDO DA PÁSCOA O QUE DEUS NUNCA ESQUECE TRANSFORMANDO A TRISTEZA EM ESPERANÇA FORÇAS PARA CONTINUAR DEPENDÊNCIA DIVINA SOBREVIVENDO AOS NAUFRÁGIOS DA VIDA O PLANO DE SALVAÇÃO EVANGELISMO PESSOAL O CAMINHO DO DISCIPULADO DISCIPULANDO DA SEMEADURA ATÉ A COLHEITA CRESCIMENTO ESPIRITUAL EXPERIÊNCIAS COM DEUS O ENCONTRO COM DEUS 3 TIPOS DE SERVOS DE DEUS OS GAFANHOTOS O JEJUM BÍBLICO LIDANDO COM QUESTÕES DIFÍCEIS LUZ DO MUNDO IDOLATRIA A ARMADURA SERES ANGELICAIS O FIM DOS TEMPOS ÁGUA DA ROCHA A VITÓRIA SOBRE O MEDO VENCENDO O MEDO VENCENDO OS COMPLEXOS NUNCA DESISTA! VENCENDO LEÕES, URSOS E GIGANTES TRANSFORMANDO PEDRAS EM BÊNÇÃOS QUEBRAR O CÂNTARO,TOCAR A TROMBETA E ERGUER A TOCHA ORAÇÃO PELA FAMÍLIA VISÃO DA FAMÍLIA PARA DEUS FAMÍLIA PRODÍGIO AS SETE BEM-AVENTURANÇAS DO APOCALÍPSE CONCEITO DE FELICIDADE PARA JESUS SINAIS DO FIM OS ANTICRISTOS O QUE VOU FAZER NO CÉU? INTERPRETAÇÃO DE SONHOS O AVISO DO ATALAIA O CORAÇÃO HUMANO O SELO DO ESPÍRITO ÓLEO DO ESPÍRITO QUEM É O ESPÍRITO SANTO? UMA IGREJA ESPIRITUAL A IGREJA QUE DEUS QUER A RENOVAÇÃO DO CASAMENTO AS BODAS DO CORDEIRO CINCO SENTIDOS DO CASAMENTO TROQUE DE ROUPA CONVERTI, E AGORA? CUIDADO COM AS PEQUENAS COISAS A TRINDADE PROFECIAS SOBRE O NASCIMENTO DE JESUS O SENTIDO DA VIDA A ÁRVORE DA VIDA MAPEAMENTO ESPIRITUAL A LUTA ENTRE A CARNE E O ESPÍRITO O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE CARNAVAL UM LUGAR PARA JESUS NASCER A FAMÍLIA DE JESUS RESGATE SUA FAMÍLIA QUEBRA DE MALDIÇÕES NA FAMÍLIA TRANSFORMANDO MALDIÇÕES EM BENÇÃOS DO VALE DO MEDO PARA O VALE DA BENÇÃO QUATRO COISAS QUE UM LÍDER PRECISA FAZER A PLENITUDE DOS TEMPOS O QUE ACONTECE QUANDO JESUS CHEGA SE PREPARANDO PARA O AVIVAMENTO UMA MESA NO DESERTO ATITUDES DE GRATIDÃO VOCÊ É UM SEGUIDOR OU DISCÍPULO? A RENOVAÇÃO DA ÁGUIA QUANDO AS COISAS VÃO MAL COMO PRATA NO FOGO RECONHECENDO A VOZ DE DEUS DORMINDO NO GETSÊMANI A SEMENTE DA PALAVRA DE DEUSPONTO DE VISTA DA FÉ ORAÇÃO DA FAMÍLIA COMO VENCER UM GIGANTE VENCENDO OBSTÁCULOS A PROVISÃO DO SENHOR INIMIGOS DA FAMÍLIA SACERDÓCIO FAMILIAR COMO ENTENDER A BÍBLIA? PROMESSAS DO SENHOR O SONHO DE DEUS É MELHOR POBRE DE ESPÍRITO O NASCIDO DO ESPÍRITOHONRAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS CARÁTER DE SATANÁS MULHER VIRTUOSA SEXUALIDADE CRISTÃ PUREZA SEXUAL AMOR INTEGRAL AMOR E TALHERES O CAMINHO DO AMOR DIFERENÇA ENTRE PAIXÃO E AMOR É IMPORTANTE ORAR JUNTO COM OS IRMÃOS? A ESTRELA DE DAVID O QUE A BÍBLIA QUER DIZER COM LIGAR E DESLIGAR?ARRANCANDO A CAPA A PARÁBOLA DO RICO E LÁZARO E A RETRATAÇÃO DA VIDA APÓS A MORTE ESPERIÊNCIAS COM DEUS TEXTOS BÍBLICOS SOBRE POLÍTICA O CONSELHO DE AITOFEL PARA QUE A UNÇÃO? O VERBO DE DEUS SINCRETISMO RELIGIOSO MATEMÁTICA DE DEUS APRENDENDO A ESPERAR O CARCEREIRO DO AMOR EXEMPLO DE HUMILDADEO QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE O HALLOWEEM OUVÍR A VOZ DE DEUS ENCONTROS CELESTIAIS! PROVIDÊNCIA NA CRIAÇÃO E PRESERVAÇÃO A MULHER SÁBIA É BOM O BOM COMBATE O QUE ACONTECE QUANDO UMA PESSOA MORRE? COMO ENCONTRAR A IGREJA VERDADEIRA? A MENSAGEM DE DEUS PARA NOSSOS DIAS QUANDO JESUS VOLTARÁ? CASAMENTO DURADOURO INICIANDO UMA VIDA CRISTÃA IGREJA DE CRISTO SERÁ QUE A MAIORIA PODE ESTAR ERRADA? DEUS É JUSTO? O QUE É E ONDE É O INFERNO? O SEGREDO DA ORAÇÃO RESPONDIDA O SEGREDO DA FELICIDADE O VERDADEIRO DESCANSO TESTEMUNHAR PARA CRESCER UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL DEUS PERDOA OS ADÚLTEROS? SOBERANIA DE DEUS E UNIDADE DA FÉ NA IGREJA AS QUATRO MEDIDAS DO AMOR DE DEUSCRENTES QUE PRECISAM DE SALVAÇÃO OS DEZ MANDAMENTOS - ESTUDANDO O 6° MANDAMENTO ONDE FOI QUE EU ERREI? APRENDENDO A SEMEAR COMO ACONTECEM OS MILAGRES MILAGRES DO NATAL PRESENTES DE NATAL NATAL É TEMPO DE COMUNHÃO NATAL É ... SIGA A ESTRELA SENTIMENTOS DO NATAL LUZES DO NATALPOR QUE CHORAMOS? O QUE É MISSÃO? O FLUIR DE DEUS QUAL A DIFERENÇA ENTRE ALMA E ESPÍRITO DO HOMEM? JUDAS E O TEMPO DO FIM AMBIÇÃO ESPIRITUAL VIDA DE ADORADOR UMA IGREJA MISSIONÁRIA ENDIREITANDO A VIDA O CULTO RACIONAL VOCÊ SABE AGRADECER? DIMENSÕES DO FRUTO DO ESPÍRITOA TROMBETA DE DEUS ENFRENTANDO A SOLIDÃO SUBINDO PARA DEUS A DEFESA DA FÉ A PARÁBOLA DO RICO E LÁZARO E A RETRATAÇÃO DA VIDA APÓS A MORTE ESPERIÊNCIAS COM DEUS



























JESUS TE AMA MUITO!




VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE...
































































































































































































































































































































































































































































Google+ Badge